sábado, 18 de outubro de 2008

BOLO DE MILHO


 
Preparação
Bata bem as claras em neve.
Acrescente o açúcar e continue batendo.
Acrescente aos poucos os outros ingrediente e continue batendo, coloque por último o fermento, bata por mais 1 minuto.
Coloque a massa numa forma untada e deixe assar em forno médio pré aquecido por aproximadamente 30 minutos.
Dicas do Chefe:
* Utilize chávenas e colheres rasas
* Adicione uma colher de chá de essência de baunilha para o bolo ficar mais cheiroso.


A farinha de milho, e mais conhecido como FUBÁ, nada mais é do que o grão de milho triturado bem fino. Por muito tempo o fubá era produzido sovando o milho no pilão, mas hoje podemos encontrá-lo moído em moinhos industriais. No Brasil temos dois tipos de farinha de milho a branca, mais conhecida no Sul e a amarela conhecida do sudeste para cima. Em outros países outrora habitados pelos Incas, Maias e Astecas há diversos tipos de farinha, já que lá existem vários tipos coloridos de milho. Apesar de nossos índios utilizarem bastante o milho, a mandioca era mais utilizada e aplicada em diversos pratos. Foi então com os portugueses e com os negros que o uso do cereal foi ampliado, aplicando sua utilização em bolos, pudins e broas e no famoso angu afro-brasileiro! Uma curiosidade muito interessante  foi que a palavra FUBÁ deriva da língua quimbundo do povo banto da Angola, também é de origem africana os nomes canjica e munguzá. A explosão do milho no Brasil aconteceu em Minas Gerais e São Paulo com os tropeiros, que plantava no caminho de suas viagens ou em seus sítios adquiridos. Apesar deste ingrediente ser tradicional no Brasil, os brasileiros ainda utilizam mais a farinha branca do trigo e não conhece e utiliza com maior frequência o milho, como em outros países da América.

O bolo de fuba era feito pelos escravos  em suas senzalas com as sobras dos moinhos d'água, para tomaren seus cafés antes de irem para a lida. Esse bolo era uma rica fonte  de energia.

Nenhum comentário: